Comunicado: Vestibular chegando..


Uau... faz um tempinho que eu não posto no blog, hein? Pois bem, fiquei ausente durante esses meses porque os vestibulares estão chegando e está muito corrido para mim (além do normal, hehe). Bom, as coisas ficaram mais difíceis quando eu mudei de cursinho e se antes o tempo era curto para me dedicar ao blog agora o tempo que me resta é nulo. =/

Espero que entendam a minha ausência e devo dizer que ela irá se estender provavelmente até começo do ano que vem, mas fiquem tranquilos que logo em fevereiro (ou quem sabe em janeiro mesmo) a minha vida volte ao normal e eu tenha tempo para fazer aquilo que mais amo: atualizar o blog... e também atualizar o canal no Youtube, hehe! Já estou com saudades de gravar os vídeos contando sobre os livros que recebi e tal. Logicamente acumularam muitos livros e não sei se vale a pena fazer um video mostrando todos... Enfim, se vocês quiserem eu faço. Garanto que tem muitos livros bons para mostrar ;D

Bom, eu só queria dizer que eu não larguei o blog, é que infelizmente eu não estou tendo tempo mesmo, mas é por um bom motivo... a partir de agora irei fazer vestibulares praticamente todos os finais de semana e... estou muito nervosa/preocupada, mas fazer o que? Estudei durante o ano inteiro e agora é partir pro abraço!

Me desejem sorte!!! ;D

Resenha: A sétima morte

Título: A Sétima Morte
Autor: Paul Cleave
Editora: Fundamento
Nota:                                                 Onde comprar: LINK                                                             
Minha opinião sobre o livro:

Joe aparentemente é um homem inofensivo, ele trabalha como faxineiro em um departamento de polícia. Todos o chamam de Joe Lerdo ou Joe Lento por causa de sua deficiência mental, mas o que ninguém desconfia é que Joe de lerdo não tem nada, na verdade ele é um psicopata que estupra e mata as suas vítimas. Joe sempre foi o vilão, mas agora está do lado da lei (“por debaixo dos panos” e de acordo com as suas regras) para prender um criminoso que age da mesma forma que Joe.

Achei esse livro diferente porque o protagonista é o vilão. Joe é cruel, sanguinário e não liga para ninguém, a não ser para a sua mãe. Aliás, os diálogos entre ele e a mãe geraram boas risadas, com o seu mau humor constante e sua obsessão por promoções.

Resenha: A vida secreta das abelhas

Título: A Vida Secreta das Abelhas
Autora: Sue Monk Kidd
Editora: Paralela
Nota:Onde comprar: LINK
Minha opinião sobre o livro:

Lily Owens vive com o pai, o qual o chama de T. Ray. O relacionamento dos dois não é dos melhores... T. Ray alterna de pai ausente para pai agressivo. Tudo piora quando a mãe de Lily morre, fazendo com que a vida da garota virasse um pesadelo. Lily acredita que ela é a culpada pela morte de sua mãe. Juntando as agressões do pai mais a enorme vontade de saber mais sobre a vida de sua mãe, a jovem foge de casa junto com a sua babá Rosaleen a caminho de Tiburon, uma cidade que parece abrigar as respostas para as principais perguntas de Lily.

A vida secreta das abelhas retrata o ambiente rural americano pós guerra de secessão, em uma época onde o preconceito racial era muito forte. Eu fiquei irritada com as atrocidades que a Rosaleen sofreu no começo, me faz olhar para o presente e ficar feliz e preocupada ao mesmo tempo, feliz porque a escravidão virou ilegal e totalmente contra os direitos humanos, mas preocupada porque o preconceito infelizmente ainda está enraizado na sociedade.

Filme: Dragonball Evolution

Nota:

Sabe quando você passa um tempo esperando uma adaptação e quando ela aparece você se decepciona tanto que era melhor que o filme nem tivesse sido feito? Esse foi meu caso com Dragonball, o fato é que boa parte da minha infância foi regada pelos desenhos (ambas as fases), e quando anunciaram o filme acabei ficando na expectativa, o resultado foi uma enorme decepção com um filme completamente diferente, tanto na caracterização quanto na história que mudou horrores, sim, eu sei que é uma adaptação, mas não precisava mudar TUDO na história.

A tentativa aqui até que foi valida, mas o resultado final, principalmente para os fãs do desenho/anime, foi um filme de ação um tanto sofrível com efeitos especiais razoáveis, no qual os personagens foram transformados a ponto de suas histórias se tornarem desconhecidas e estranhas, sendo que o mais impressionante é o fato de Akira Toriyama, o criador de Dragonball, assinar como produtor... gente como ele autorizou algo assim?!


O lado positivo? O filme funciona como entretenimento para quem desconhece os desenhos e procura um filme estilo sessão da tarde. Outro ponto positivo é que não assisti ao filme no cinema e por isso economizei dinheiro ;)

Dica: Assistam ao anime, especialmente o começo quando Goku ainda era criança.

Resenha: O doador de memórias

Título: O doador de memórias
Autor: Lois Lowry
Editora: Arqueiro
Nota:                                              Onde comprar: LINK

Minha opinião sobre o livro:

Quando a Arqueiro divulgou que iria lançar O doador de memórias eu não hesitei em pedir o livro por dois motivos:
  1. Assisti o trailer do filme, que me deixou com a sensação de: "OMG, eu preciso assistir isso".
  2. Eu adoro livros do gênero distopia, adoro essa temática. ;D 
Lois Lowry criou uma sociedade diferente da nossa em vários aspectos, um deles é que não há o conceito de família. Os Anciões escolhem os casais e inclusive escolhem os filhos deste casal!O.o Eles controlam a taxa de natalidade e mortalidade, tudo é controlado e as pessoas já se conformaram com isso.

Resenha: A promessa do tigre

Título: A promessa do tigre
Autora: Colleen Houck
Editora: Arqueiro
Nota:                                           Onde comprar: LINK
Minha opinião sobre o livro:

 A Promessa do tigre nos apresenta a história de Yesubai, filha do maligno Lokesh, e que foi responsável (indiretamente) pela transformação dos irmãos Rajaram em tigres. Yesubai é tão linda por fora quanto bondosa por dentro, totalmente o oposto de seu pai que está disposto a fazer tudo para obter aquilo que deseja. Em meio a insultos, agressões e abusos, a jovem dos olhos cor de lavanda une forças para resistir e esperança para se ver livre de Lokesh.

Esta história se passa antes da série A maldição do tigre, através dela descobrimos o que realmente aconteceu e o porquê dos irmãos terem se transformado em tigres. O livro é narrado em primeira pessoa, por Yesubai. Eu gostei da personagem, em exatas 111 páginas ela me cativou bem mais do que a Kelsey em 4 livros! É difícil não sentir compaixão pela personagem e sua coragem ao final do livro foi admirável.

A história é boa, mas acho que a Colleen Houck deveria ter desenvolvido melhor, acontecem muitas coisas em poucas páginas, a história fica corrida e tenho certeza que os fãs iriam adorar se o romance entre Kishan e Yesubai tivesse mais destaque.

Em suma, Yesubai e Lokesh aparecem mais na história, os outros personagens têm pequenas participações (alguns mais que outros). Fiquei um pouco frustrada com isso porque queria mais Kishan e Ren (estava com saudade dos meus tigres, hehe).

Para quem é fã da série eu acho que vale a pena ler para saber mais sobre a mulher que roubou o coração de Kishan.

O livro é super fino e é possível lê-lo em apenas um dia. A capa é linda e segue o mesmo padrão dos outros volumes da série, realmente é uma capa muito bem feita ;D

Filme: Hannibal- A Origem do Mal

Nota:

No ano de 1991 o filme O Silêncio dos Inocentes veio para chocar os fanáticos por filmes de suspense e terror, isso porque na busca por um assassino serial a investigadora do caso busca a ajuda de Hannibal Lecter, outro serial preso sob a acusação de canibalismo, o filme vez um sucesso tremendo e continua sendo comentado até hoje. Com o tempo O Silêncio dos Inocentes ganhou mais filmes, e várias tentativas de contar mais sobre Hannibal Lecter, uma dessas tentativas recebeu o nome de Hannibal – A Origem do Mal, que tenta explicar como tudo começou.

Neste filme acompanhamos a infância traumática de Lecter, e por incrível que pareça, não há como não se emocionar com os acontecimentos que o mudam de tal forma, tornando-o um assassino extremamente perigoso, ousado e procurado. Confesso que, depois de tudo o que acontece com Lecter e sua irmã nos anos de guerra, é um tanto quanto plausível a sede de vingança do personagem e sua busca por uma justiça pra lá de deturpada.


O filme apresenta um roteiro que prende o espectador do começo ao fim. Entretanto, a proposta de preencher as lacunas deixadas pelo filme O Silêncio dos Inocentes, acabaram deixando mais perguntas no ar (talvez seja justamente por isso que criaram a série de TV), mesmo assim, recomendo o filme, inclusive se você ao tiver assistido mais nenhum deles.

Sobre as atuações: Gaspard Ulliel (novato na época do lançamento) está impecável no papel de Hannibal, fazendo jus ao personagem que outrora foi de Anthony Hopkins, os demais também cumprem bem seus respectivos papeis.